Festival 
Músicas Brasileiras
 
 
 
Todas as músicas deste site têm seus direitos autorais garantidos para seus autores e intérpretes e estão aqui apenas para avaliação e entretenimento, não sendo possível copiá-las. Nenhuma recompensa financeira é obtida pelo proprietário do site ou de quem aloca este espaço. Por favor apoie o artista e compre seu disco, se você gostar da música. Não será aceita qualquer responsabilidade legal pelo uso indevido destas páginas e suas músicas  por pessoas não autorizadas por quem de direito.
 
The full length songs on these sites are copyrighted by the respective artist and are placed here for entertainment and evaluation purposes. No profits are made for this site from their use. Please support these artists and purchase their music if you like it. I accept no legal liability for misuse by others of any of these selections as in regard to any and all copyrights which may or not be applied to any selection contained within these pages.
 

Imagem da passagem do Século em Copacabana RJ

 
 Século XXI
 Emocionante foi a passagem do século que somente os privilegiados viram.Mas...já não existe mais o fusca tala larga, o toca fitas de cartucho, as reuniões nas garagens de nossas casas, o namoro escondido do papai, os bailinhos de antigamente lá nos idos dos anos 50,60,70 onde a gente dançava um bolero ou um samba gafieira bem agarradinhos.O progresso veio a uma velocidade que nem percebemos as mudanças.
Hoje na primeira década do século existe um "astro" na vida de  adultos, adolescentes e crianças.
" O celular"
Ahhhh quem vive sem ele?
A nossa música continuou. Alguns ídolos  do passado ,hoje já com cabelos brancos estão aí ,não pararam e nos brindam com seus talentos.Novos ídolos? acho que ainda não chegaram na mesma proporção.
 Dificilmente conseguiremos reunir tanta beleza em músicas como tivemos no chamado de
"XX O SÉCULO MUSICAL"

 

 

 Desenho de Deus (2006)

Dandara (2005)

Mulher Ideal(2002)

Eu Sei (2004)

Meu Ébano(2005)

Passarela no ar(2006)

Por mais que eu tente(2005)

Caviar(2002)

Amor I love you (2000)

É você (2002)

Mais um na multidão (2001)

A mulher que eu amo (2009)

Acaso (2000)

Fico assim sem você (2002)

Quando a chuva passar (2005)

 

 Se não é amor(2005)

Epitáfio (2001)

A Miragem (2001)

A Loba(2001)

Se quer saber (2002)

Amor e Sexo(2003)

Deixa a vida me levar(2002)

Maltratar não é direito(2007)

Amplidão (2006)

Eu vou pra Lapa(2009)

Migalhas (2009)

Você não me ensinou a te esquecer (2003)

Vestido estampado(2003)

Além da cama (2001)

 

Século XXI

A música popular brasileira é considerada por muitos críticos como uma das mais ricas de todo o mundo, podendo ser comparada quanto à diversidade e variedade apenas à sua similar norte-americana. Ambas receberam forte influência européia e africana.Ao se analisar a evolução da MPB, é notória a grande evolução qualitativa entre as décadas de trinta e setenta; a partir dos anos oitenta porém foi marcante a queda de qualidade. Há inúmeras razões para tal declínio.MPB reflete condições culturais do público, mas recebe simultaneamente pressões com interesses econômicos e financeiros da grande mídia e gravadoras, direcionando “tipos” de músicas a serem comercializadas. Procuramos nestas dez décadas identificar e apresentar as músicas brasileiras mais importantes e mais significativas, segundo nossa concepção, objetivando divulgar pela internet, uma pequena amostra do que tem sido a MPB ao longo dos últimos cem anos. Incluiremos ainda outras músicas nas diversas décadas. Com tantas evoluções tecnológicas acontecendo, não se sabe ainda quais tendências prevalecerão nas músicas do século XXI. Os segmentos intervenientes na MPB podem ser divididos em três grandes grupos: Público, Compositores/cantores e Mídia/gravadoras.Neste contexto, o grande público e os compositores e cantores são de certa forma reféns da grande mídia e das gravadoras, tendo que submeter-se aos interesses comerciais e financeiros destes agentes intermediários.

A Melhoria da qualidade da MPB está intimamente ligada à educação do público, não aceitando qualquer tipo de música e aos citados interesses comerciais. Enquanto esses fatores não forem convergentes será difícil revivermos os bons tempos de MPB de boa qualidade.

Dárcio Fragoso

 Bibliografia consultada:


- ALBIN, Ricardo Cravo. O livro de ouro da MPB - A História de nossa música popular de sua origem até hoje. Rio de Janeiro : Ediouro, 2003.
- CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro : Lumiar Editora, 1993.
- VASCONCELOS, Ary. Panorama da música popular brasileira. Rio de Janeiro : Martins, 1965.
- MÀXIMO, João e DIDIER, Carlos. Noel Rosa : Uma biografia. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1990.
- Enciclopédia da música popular, erudita e folclórica. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1998.
- SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. São Paulo : Editora 34, 1997.
- http://www.dicionariompb.com.br
- http://cifrantiga3.blogspot.com/
- http://cliquemusic.uol.com.br
http://www.boemio.com.br

 

Importante:
Resgatar e preservar as músicas populares brasileiras é nosso objetivo. Através da internet estamos propiciando a todas as pessoas, em qualquer lugar do mundo, o acesso às belíssimas músicas, muitas delas relegadas ao esquecimento.
Música Popular Brasileira é um dos aspectos mais ricos e importantes da cultura brasileira, retratando costumes, idéias e valores de cada época.
Nosso único compromisso é com os compositores, cantores e suas obras.
Não temos nenhum objetivo comercial e financeiro; as imagens, músicas e suas  letras  são obtidos nos diversos sites da  internet; nosso trabalho é puramente de pesquisa e a seleção das músicas são escolhidas e  julgadas por nós as mais significativas em cada década.
Numa primeira etapa incluímos algumas composições em suas respectivas décadas de lançamento, mas pretendemos continuar incluindo outras músicas porventura ainda não incluídas, num trabalho contínuo e de longo prazo.