Doce de coco
(1980)
 
Choro
 
Composição: Jacob do Bandolim e Hermínio Bello de Carvalho
 
Interpretação: Elizeth Cardoso
 
Choro composto em 1950 pelo fabuloso Jacob do Bandolim. Este grande bondolinista elevou seu instrumento ao ponto mais alto nos conjuntos de chorões. Esta composição é uma das mais belas e famosas de Jacob, mas como a maioria dos choros era apenas instrumental. Após sua morte, Hermínio Bello de Carvalho escreveu esta belíssima letra em 1980, que tornou a composição mais conhecida e difundida. Gravação de Elizeth Cardoso, A Divina, em 1981 no CD/LP "Elizethíssima".
 
O bandolinista e compositor Jacob Pick Bittencourt nasceu em 14/2/1918 no Rio de Janeiro RJ, no bairro das Laranjeiras. Seu pai foi Francisco Gomes Bittencourt, farmacêutico, e sua mãe Rackel Pick, de ascendência judaica. Estudou na British  American School, atual Colégio Anglo  Americano de Botafogo. Formou-se em Contabilidade, mas desde os 12 anos já tocava gaita de boca. Seu primeiro instrumento foi violino, logo trocado pelo bandolim. Dividiu-se entre seus trabalhos de vendedor, prático de farmácia, corretor de seguros e escrivão de polícia e a música.  Jacob tocou nos mais famosos conjuntos regionais do  Rio de Janeiro nas décadas de 40, 50 e 60.  Em 1966 formou o conjunto regional Época de Ouro, integrado inicialmente por Dino, violão de sete cordas, César Faria, violão, Carlos Leite, violão, Jonas da Silva, cavaquinho, Gilberto d'Ávila, pandeiro e Jorginho,  ritmo. Foi este um dos mais brilhantes e famosos conjuntos  regionais do Brasil.  Este conjunto participou do famosíssimo show  em 1968, no Teatro João Caetano promovido pelo MIS Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro juntamente com o Zimbo Trio e  Elizeth Cardoso. Por ter outra profissão e não depender exclusivamente da música, Jacob teve sempre grande independência para compor e executar as músicas que mais apreciava.
As composições mais famosas de Jacob, choros em sua maioria, foram: Noites Cariocas, Doce de coco, Assanhado, Bole-bole, Ciumento, Meu segredo, Pé de moleque, Santa morena, Vascaíno,  Migalhas de amor e muitas outras. Jacob era pai do também compositor e jornalista Sérgio Bittencourt. Jacob do Bandolim faleceu em 13/8/1969 no Rio de Janeiro.
 
O compositor, produtor musical, poeta e escritor Hermínio Bello de Carvalho nasceu em 28/3/1935 no Rio de Janeiro RJ.
Iniciou carreira profissional como repórter e colunista de discos em revistas inclusive da famosa "O Cruzeiro".  Em 1958 passou a produzir programas radiofônicos musicais. Suas composições mais famosas são: "Alvorada", com Cartola e Carlos Cachaça, "Doce de coco", com Jacob do Bandolim, "Fale baixinho", com Pixinguinha, "Mudando de conversa", com Maurício Tapajós, "Rosa de Ouro", com  Elton Medeiros e Paulinho da Viola, "Sei lá Mangueira", com Paulinho da Viola e muitas outras.
 
A cantora Elizeth Cardoso Valdez nasceu em 16/7/1920 no Rio de Janeiro.  Ainda menina frequentava com o tio Pedro as famosas reuniões na casa da Tia Ciata, onde se  reunia a nata dos compositores e cantores de samba. Foi muito namoradeira conforme declarou em depoimento ao MIS Museu da Imagem e Som do Rio de Janeiro, tendo inclusive namorado com o famosíssimo jogador de futebol Leônidas da Silva , O Diamante Negro.  Adotou uma menina em 1938 a quem criou como se filha legítima fosse. Casou-se em 1939 com o músico Ari Valdez, o Tatuzinho, com quem teve seu único filho Paulo César Valdez. Elizeth Cardoso teve o mérito de ter gravado em 1958 o antológico LP "Canção do amor demais" com músicas de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, considerado o marco inicial da bossa-nova, por causa de sua interpretação e da batida "diferente" do violonista João Gilberto em "Chega de saudade" e "Outra vez", além de "Caminho de pedra", "Janelas abertas", "Eu não existo sem você", "Canção do amor demais" e outras. Foi uma das melhores cantoras da música popular brasileira, tendo gravado composições de praticamente todos os melhores e mais famosos compositores brasileiros do século passado, a ponto de ser chamada de "A Divina", "A Magnífica", "Enluarada", "Mulata maior", "Lady do samba" e outros adjetivos pelos críticos musicais. Gravou 40 LPs no Brasil e outros em diversos países por onde excursionou. Faleceu em 7/5/1990.
 
Dárcio Fragoso
 
 
 
 
Doce de coco
(1980)
 
Choro
 
Composição: Jacob do Bandolim e Hermínio Bello de Carvalho
 
Interpretação: Elizeth Cardoso
 
 
Venho implorar pra você repensar em nós dois
Não demolir o que ainda restou pra depois
Sabes que a língua do povo é contumaz traiçoeira
Quer incendiar, desordeira atear fogo ao fogo
Tu sabes bem quantas portas tem meu coração
E os punhais cravados pela ingratidão
Sabes também quanto é passageira esta desavença
Não destrates o amor
 
 
Se o problema é pedir, implorar, vem aqui, fica aqui
Pisa aqui neste meu coração que é só teu, todinho teu
Escorraça e faz dele de gato e sapato
E o inferniza e o ameaça
Pisando, ofendendo, desconsiderando
E o descomposturando com todo rigor
Mas se tal não bastar, o remédio é tocar
Este barco do jeito que está sem duas vezes se cogitar
Doce de coco, meu bombocado
Meu mau pedaço de fato és o esparadrapo
Que não desgrudou de mim
 
Se o problema é pedir, implorar, vem aqui, fica aqui
Pisa aqui neste meu coração que é só teu, todinho teu
Escorraça e faz dele de gato e sapato
E o inferniza e o ameaça
Pisando, ofendendo, desconsiderando
E o descomposturando com todo rigor
Mas se tal não bastar, o remédio é tocar
Este barco do jeito que está sem duas vezes se cogitar
Doce de coco, meu bombocado
Meu mau pedaço de fato és o esparadrapo
Que não desgrudou de mim
 
Venho implorar...
 
 
 
Música: Doce de coco
Autoria:  Jacob do Bandolim e Hermínio Bello de Carvalho
Interpretação: Elizeth Cardoso
 
Pesquisas e História por Dárcio Fragoso
Plano de fundo Elizeth Cardoso por Marilene
Imagens adquiridas em E-Groups de Trocas
Projeto ,Formatação e Edição Final :
Marilene Laurelli Cypriano

 
Para enviar a um amigo clique no coração
e siga as instruções 
 
|PrincipalMenu |Fale comigo | Voltar
Direitos autorais registrados®
 
Importante:
Nosso objetivo é resgatar, preservar e divulgar músicas populares brasileiras. Através da internet propiciamos às pessoas, em qualquer lugar do mundo, acesso às belíssimas músicas brasileiras que se constituem num dos aspectos mais ricos e importantes da nossa cultura, retratando costumes, idéias e valores de cada época. Nosso único compromisso é com os compositores, cantores e suas obras. Não temos nenhum objetivo comercial, nem financeiro, nem econômico; nossas imagens, músicas e letras são obtidas nos diversos sites da internet; divulgamos todos os créditos, arcamos com os custos de nosso trabalho e da manutenção do site.
  
Página melhor visualizada
em Internet Explorer 4.0 ou Superior
1024 x 768
 
The full length songs on these sites are copyrighted by the respective artist and are placed here for entertainment and evaluation purposes. No profits are made for this site from their use. Please support these artists and purchase their music if you like it. I accept no legal liability for misuse by others of any of these selections as in regard to any and all copyrights which may or not be applied to any selection contained within these pages. 

Todas as músicas deste site têm seus direitos autorais garantidos para seus autores e intérpretes e estão aqui apenas para avaliação e entretenimento, não sendo possível copiá-las. Nenhuma recompensa financeira é obtida pelo proprietário do site ou de quem aloca este espaço. Por favor apoie o artista e compre seu disco, se você gostar da música. Não será aceita qualquer responsabilidade legal pelo uso indevido destas páginas e suas músicas  por pessoas não autorizadas por quem de direito. 


Direitos Autorais Reservados ®
* Campanha pelos Direitos Autorais na Internet *