Cálice
(1978)
 
Composição: Chico Buarque e Gilberto Gil
 
Interpretação : Chico Buarque e Milton Nascimento
 
 
Música do LP "Chico Buarque" de 1978, onde despontaram "Tanto mar", "Apesar de você" e "Cálice" todas anteriormente censuradas. Foi o primeiro disco lançado por Chico quando se encerrava a censura.
 
Chico (Francisco Buarque de Hollanda) nascido no Rio de Janeiro em 19/06/1944, filho do historiador Sérgio Buarque de Hollanda, mudou-se aos dois anos com a família para São Paulo. Sua casa era frequentada pelos grandes intelectuais do país devido aos conhecimentos e relacionamentos do pai. Em 1952 a família mudou-se para a Itália onde o pai foi lecionar. Retornaram ao Brasil dois anos depois indo residir em São Paulo.
Foi em São Paulo que Chico viveu sua adolescência e juventude. Estudou no Colégio Santa Cruz, de padres canadenses, um dos  melhores de São Paulo, que dava muita ênfase aos aspectos sociais e artísticos dos alunos, onde Chico pode desenvolver suas imensas potencialidades. Estava assim formada a trinca necessária ao sucesso: sensibilidade e talento de Chico, ótima herança cultural familiar e oportunidades estimuladas no Colégio Santa Cruz.
É considerado um dos compositores mais produtivos e mais eruditos da MPB sendo autor de mais de 300 composições tanto só como com inúmeros parceiros: Edu Lobo, Djavan, Francis Hime, Tom Jobim, Roberto Menescal, Vinicius de Moraes, Toquinho e outros. Desde1965 participou ativamente como compositor e  cantor em festivais, espetáculos teatrais e cinema.
A partir dos anos 90 sua produção musical diminuiu, passando a dedicar-se mais à literatura.
Aos 22 anos, com apenas 30 composições foi o mais jovem artista a prestar depoimento no importante MIS Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro, quando o então diretor do MIS, o musicólogo Ricardo Cravo Albin comparou a obra de Chico à de Noel Rosa. O jornalista Millor Fernandes considerava Chico "a única unanimidade nacional".   Casado durante mais de trinta anos com a atriz Marieta Severo, tiveram três filhas. A partir dos anos 90 Chico tem se dedicado mais à literatura, com várias obras de sucesso.
 
Compositor, cantor e instrumentista, Gilberto Passos Gil Moreira nasceu em 29/061942 em Salvador BA; em 1961 ganhou de sua mãe um violão aperfeiçoando-se no instrumento; formou-se Administrador de Empresas pela Universidade Federal da Bahia em 1964; estreou em disco em 1962 apresentando-se em rádio e TV. Nessa época tornou-se amigo de Caetano Veloso que viria a ser seu grande amigo e parceiro.
Autor de mais de cem composições as principais foram: "Ensaio Geral" 5º colocada no II Festival de MPB da TV Record, "Domingo no parque" 2º lugar no mesmo festival do ano seguinte, "Procissão", "Refestança" com Rita Lee, "Se eu quiser falar com Deus", "Cálice" e inúmeras outras.
Considerado um dos artistas mais cultos do Brasil, participou de vários movimentos em defesa da música popular brasileira; por sua atuação política, excelente formação cultural e humanística foi convidado a ser Ministro da Cultura do governo do Presidente Lula.
 
Milton Nascimento nasceu em 26/10/1942 no Rio de Janeiro, mas mudou-se ainda garotinho para Três Pontas MG; desde muito cedo demonstrou gosto e amor por música; em 1963 mudou-se para Belo Horizonte para estudar Economia; conheceu então os irmãos Marilton, Márcio e Lô Borges, aumentando assim sua bagagem musical passando a atuar na noite de Belo Horizonte como cantor e tocando contrabaixo.
No ano seguinte compôs com Márcio Borges "Novena", "Gira, girou" e "Crença"; participou de vários conjuntos musicais cantando em shows, TV e casas noturnas.
 Mesmo tendo nascido no Rio de Janeiro, mas criado em Minas, Milton é o maior responsável pela divulgação e consagração da moderna música popular feita em Minas Gerais.
Milton tem participado ativamente de muitos shows em teatros de todo o Brasil, fez muitas excursões aos Estados Unidos e Europa e tem sido ativo participante dos movimentos musicais em defesa da música popular brasileira; cantor de sucesso, autor de 180 composições solo e com diversos parceiros as mais famosas são: "Travessia", "Ponta de areia" e "Canção da América" com Fernando Brant,"Três Pontas", "Nada será como antes", "Cais" e "Circo marimbondo" com Ronaldo Bastos, "O cio da terra" com Chico Buarque, "Coração de estudante" com Wagner Tiso e inúmeras outras. Milton foi premiado em 1996 pela entidade Rain Forest por sua atuante participação nos movimentos ecológicos; em 1998 recebeu o prêmio Grammy, o mais importante no mundo musical, na categoria Melhor CD de World Music pelo seu disco "Nascimento".
Milton Nascimento é considerado no Brasil e no exterior um dos melhores compositores e cantores da moderna música popular brasileira.
 
Dárcio Fragoso
 
 
 
 
Cálice
(1978)
 
Composição: Chico Buarque e Gilberto Gil
 
Interpretação : Chico Buarque e Milton Nascimento

 
 
 
 
 
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue
 
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue
 
Como beber dessa bebida amarga
Tragar a dor, engolir a labuta
Mesmo calada a boca, resta o peito
Silêncio na cidade não se escuta

De que me vale ser filho da santa
Melhor seria ser filho da outra
Outra realidade menos morta
Tanta mentira, tanta força bruta
 
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue
 
Como é difícil acordar calado
Se na calada da noite eu me dano
Quero lançar um grito desumano
Que é uma maneira de ser escutado

Esse silêncio todo me atordoa
Atordoado eu permaneço atento
Na arquibancada pra a qualquer momento
Ver emergir o monstro da lagoa
 
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue
 
De muito gorda a porca já não anda
De muito usada a faca já não corta
Como é difícil, pai, abrir a porta
Essa palavra presa na garganta

Esse pileque homérico no mundo
De que adianta ter boa vontade
Mesmo calado o peito, resta a cuca
Dos bêbados do centro da cidade
 
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue
 
Talvez o mundo não seja pequeno
Nem seja a vida um fato consumado
Quero inventar o meu próprio pecado
Quero morrer do meu próprio veneno

Quero perder de vez tua cabeça
Minha cabeça perder teu juízo
Quero cheirar fumaça de óleo diesel
Me embriagar até que alguém me esqueça
"Pai"
 
 
 
 
Música: Cálice
Autoria: Chico Buarque e Gilberto Gil

Interpretação: Chico Buarque e Milton Nascimento
 
Pesquisas e História por Dárcio Fragoso
Plano de fundo :Chico Buarque de Milton Nascimento por Marilene 
Imagens adquiridas em E-Groups de Trocas
Projeto ,Formatação e Edição Final :
Marilene Laurelli Cypriano

 
Para enviar a um amigo clique no coração
e siga as instruções 
 
|PrincipalMenu |Fale comigo | Voltar
Direitos autorais registrados®
 
Importante:
Nosso objetivo é resgatar, preservar e divulgar músicas populares brasileiras. Através da internet propiciamos às pessoas, em qualquer lugar do mundo, acesso às belíssimas músicas brasileiras que se constituem num dos aspectos mais ricos e importantes da nossa cultura, retratando costumes, idéias e valores de cada época. Nosso único compromisso é com os compositores, cantores e suas obras. Não temos nenhum objetivo comercial, nem financeiro, nem econômico; nossas imagens, músicas e letras são obtidas nos diversos sites da internet; divulgamos todos os créditos, arcamos com os custos de nosso trabalho e da manutenção do site.  

Página melhor visualizada
em Internet Explorer 4.0 ou Superior
1024 x 768
 
The full length songs on these sites are copyrighted by the respective artist and are placed here for entertainment and evaluation purposes. No profits are made for this site from their use. Please support these artists and purchase their music if you like it. I accept no legal liability for misuse by others of any of these selections as in regard to any and all copyrights which may or not be applied to any selection contained within these pages. 

Todas as músicas deste site têm seus direitos autorais garantidos para seus autores e intérpretes e estão aqui apenas para avaliação e entretenimento, não sendo possível copiá-las. Nenhuma recompensa financeira é obtida pelo proprietário do site ou de quem aloca este espaço. Por favor apoie o artista e compre seu disco, se você gostar da música. Não será aceita qualquer responsabilidade legal pelo uso indevido destas páginas e suas músicas  por pessoas não autorizadas por quem de direito. 


Direitos Autorais Reservados ®
* Campanha pelos Direitos Autorais na Internet *