Festival 
Músicas Brasileiras
 
Todas as músicas deste site têm seus direitos autorais garantidos para seus autores e intérpretes e estão aqui apenas para avaliação e entretenimento, não sendo possível copiá-las. Nenhuma recompensa financeira é obtida pelo proprietário do site ou de quem aloca este espaço. Por favor apoie o artista e compre seu disco, se você gostar da música. Não será aceita qualquer responsabilidade legal pelo uso indevido destas páginas e suas músicas  por pessoas não autorizadas por quem de direito.
 
The full length songs on these sites are copyrighted by the respective artist and are placed here for entertainment and evaluation purposes. No profits are made for this site from their use. Please support these artists and purchase their music if you like it. I accept no legal liability for misuse by others of any of these selections as in regard to any and all copyrights which may or not be applied to any selection contained within these pages.

 

 

 
 
 
A Década de 70
 
 
 
Ele chega em seu fusca, com tala larga, sacode o cabelão, abre a porta pra mina entrar e bota uma melô jóia  no toca-fitas de cartucho:
     "Foi assim, como ver o mar.
      A primeira vez que os meus olhos, se viram no teu olhar,
      quando eu mergulhei no azul do mar, sabia que era amor e vinha pra ficar... "
Nesta Década de 70 permaneceram mais vivos ainda todos os autores e cantores da década anterior. Houve um aperfeiçoamento na qualidade das músicas que cantavam a revolta dos "Anos Rebeldes"  sem entretanto perder  o romantismo dos "Anos Dourados"
 
Marilene
 
 
 
  As Rosas Não Falam (1976)

Apesar de Você (1972)

Grito de Alerta (1979)

Naquela Mesa (1970)

Detalhes (1970)

Gabriela(1975)

Gostava Tanto de Você(1973)

Tigresa (1977)

Coisinha do Pai(1979)

Quando eu me chamar Saudade(1974)

Canta Canta minha gente(1974)

Foi um Rio que passou em minha vida(1970)

Cio da Terra(1976)

Juízo Final(1976)

O Mar Serenou(1975)

Gota D'Agua(1976)

Não deixe o samba morrer(1975)

Viagem (1973)

Sufoco (1978)

Bandolins(1979)

Atrás da Porta(1972)

  Argumento(1975)

Regra Três(1973)

A paz do meu amor(1974)

Toada(1979)

Meu mundo e nada mais(1976)

Você abusou(1971)

Tristeza pé no chão(1972)

Rosa de Hiroshima(1973)

Valsinha(1971)

Retalhos de cetim(1973)

Dois pra lá, dois pra cá(1974)

Moça Criança(1975)

O que será ( flor da pele)(1976)

Sob medida(1979)

O meu amor (1978)

Teu sonho não acabou (1972)

Sonhos (1977)

Falando sério (1977)

Um jeito estúpido de te amar(1976)

Cálice (1978)

Falando de amor (1979)

O moço velho  (1973)

João e Maria  (1977)

Cavalgada (1977)

Cordas de aço (1976)

Costumes (1979)

Debaixo dos caracóis de seus cabelos (1971)

Tango pra Tereza (1975)

Recomeçar (1979)

Vida noturna (1976)

Construção (1971)

Menina dos cabelos longos(1977)

Para viver um grande amor (1972)

Maria vai com as outras (1971)

Força estranha (1978)

Gostoso veneno (1979)

Abrigo de vagabundos (1974)

À distância (1972)

Beleza que é você mulher(1972)

Deixa eu dizer (1973)

O gosto de tudo (1978)

Espelho (1972)

Folhetim (1977)

Onde anda você (1972)

Moro onde não mora ninguém (1975)

Clube do Samba (1979)

 

  Águas de Março (1972)

Começar de Novo ( 1978)

Loucura (1979)

Começaria Tudo Outra Vez(1976)

Foi Assim (1977)

Outra Vez(1977)

Café da Manhã (1978)

Folhas Secas(1973)

Só Louco(1976)

1.800 Colinas(1974)

Dança da Solidão(1972)

Olho por Olho(1977)

Conto de Areia(1974)

A Deusa dos Orixás(1975)

Alvorada no Morro(1973)

Pra Você(1972)

Os Amantes(1977)

O Surdo(1975)

Pedaço de Mim(1979)

To Voltando(1979)

Pela Luz dos Olhos Teus(1977)

Se queres saber(1977)

O Bêbado e a Equilibrista(1979)

Wave (1977)

Você (1974)

Canto das Três Raças(1974)

Desabafo(1979)

Samba de Orly(1971)

Seu Corpo(1975)

Madalena(1970)

Olhos nos olhos(1976)

De tanto amor(1971)

Tatuagem (1972)

Universo do teu corpo(1970)

Romaria (1977)

Como vai você (1972)

Flor-de-Lis (1976)

Olha (1975)

Sampa (1978)

Sonho meu (1978)

Vila Esperança (1975)

Cheiro de amor(1979)

Que me venha esse homem(1979)

Como nossos pais (1976)

Bandeira branca (1970)

Proposta (1973)

Os seus botões (1976)

Amigo é pra essas coisas (1970)

Mania de você (1979)

O mundo é um moinho(1976)

Disritmia (1974)

O mestre sala dos mares (1975)

Não se esqueça de mim (1977)

Tarde em Itapoã (1971)

A tonga da mironga do kabuletê (1971)

Namorada (1970)

Maior é DEUS (1974)

Sei lá - A vida tem sempre razão(1977)

Amada amante (1971)

Desacato (1971)

Amante à moda antiga (1978)

Prova de carinho  (1974)

Nó na madeira (1975)

Menino Deus (1975)

Trocando em miúdos (1978)

Quantas lágrimas (1970)

Orgulho de um sambista(1973)

 

                                      

 

Década de 70

O mundo vivia momentos de fortes tensões nos anos 70 principalmente devido à guerra fria entre União Soviética e Estados Unidos e à guerra do Vietnã que se arrastava desde os anos 40 só terminando em 1973; também o escândalo de Watergate causou muita apreensão, quando em 17/06/1972 foram descobertos cinco intrusos fazendo espionagem na sede do Partido Democrático em Washington, EUA, tendo causado posteriormente a renúncia do Presidente Richard Nixon, do Partido Republicano, por ter permitido tal espionagem.

A década de 70 foi marcada musicalmente no Brasil inicialmente pelo som de Pra Frente Brasil (“Noventa milhões em ação pra frente Brasil do meu coração....”) de Miguel Gustavo,  música consagradora da conquista do tricampeonato mundial de futebol no México, pelo Brasil; se por um lado essa música ajudava o governo ditatorial do General Medici a realçar aspectos nacionalistas, por outro escondia perseguições e atrocidades praticadas contra milhares de jovens por militares de plantão no governo, pelo simples fato de discordarem e apontarem injustiças sociais; intensa campanha de censura aos meios de comunicação e às artes de modo geral inibiram a criação artística e musical de modo particular.

Música e música popular particularmente exercem grande influência no comportamento e nas posturas sociais; música influencia e é influenciada pelos fenômenos sociológicos: atitudes de rebeldia, cabelos longos, modos intelectualizados de compositores e intérpretes marcaram profundamente os anos 70.

Apesar de todas essas dificuldades e censura imposta aos nossos artistas, a MPB continuou sua maravilhosa caminhada.

Uma das publicações que tiveram coragem de enfrentar a ditadura foi O Pasquim, semanário fundado no Rio de Janeiro em 1969 pelo cartunista e jornalista Jaguar com a colaboração de Ziraldo, Millôr Fernandes, Paulo Francis, Henfil e outros; o mesmo semanário lançou em seguida o Disco de Bolso da Revista Pasquim que revelava os novos nomes da MPB tendo inclusive marcado oficialmente em 1972 o aparecimento de quatro grandes artistas: João Bosco, Aldir Blanc, Fagner e Belchior.

Muitos outros artistas também despontaram em suas carreiras nos anos 70 : Elba Ramalho, Alceu Valença, Zé Ramalho, Gonzaguinha, Ivan Lins, Djavan, Martinho da Vila e Tim Maia entre outros.

Os artistas já consagrados nos anos anteriores continuaram suas carreiras apesar das dificuldades políticas e econômicas: Chico Buarque, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Baden Powell, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa, Maria Bethânia, Roberto Carlos, Beth Carvalho, Elis Regina, Milton Nascimento, e tantos outros.

Samba urbano, bossa nova, chorinho, baião, música sertaneja, rock brasileiro, jovem guarda, marchinhas e sambas de carnaval enfim inúmeros gêneros musicais continuaram sua caminhada de sucessos nos anos 70, comprovando a imensa riqueza e diversidade de nossa cultura musical popular.

Dárcio Fragoso

Música: Pra Você

Autoria: Silvio Cezar

Arranjo por JC.Capeto

Bibliografia consultada:

- ALBIN, Ricardo Cravo. O livro de ouro da MPB - A História de nossa música popular de sua origem até hoje. Rio de Janeiro : Ediouro, 2003.
- CABRAL, Sérgio. No tempo de Ary Barroso. Rio de Janeiro : Lumiar Editora, 1993.
- VASCONCELOS, Ary. Panorama da música popular brasileira. Rio de Janeiro : Martins, 1965.
- MÀXIMO, João e DIDIER, Carlos. Noel Rosa : Uma biografia. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1990.
- Enciclopédia da música popular, erudita e folclórica. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1998.
- SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. São Paulo : Editora 34, 1997.
- http://www.dicionariompb.com.br
- http://cifrantiga3.blogspot.com/
- http://cliquemusic.uol.com.br   

http://www.boemio.com.br

Importante:
Resgatar e preservar as músicas populares brasileiras é nosso objetivo. Através da internet estamos propiciando a todas as pessoas, em qualquer lugar do mundo, o acesso às belíssimas músicas, muitas delas relegadas ao esquecimento.
Música Popular Brasileira é um dos aspectos mais ricos e importantes da cultura brasileira, retratando costumes, idéias e valores de cada época.
Nosso único compromisso é com os compositores, cantores e suas obras.
Não temos nenhum objetivo comercial e financeiro; as imagens, músicas e suas  letras  são obtidos nos diversos sites da  internet; nosso trabalho é puramente de pesquisa e a seleção das músicas são escolhidas e  julgadas por nós as mais significativas em cada década.
Numa primeira etapa incluímos algumas composições em suas respectivas décadas de lançamento, mas pretendemos continuar incluindo outras músicas porventura ainda não incluídas, num trabalho contínuo e de longo prazo.