Pierrô apaixonado
(1935)
 
Marcha
 
Composição: Noel Rosa e Heitor dos Prazeres
 
Interpretação: Coral não identificado
 
Música gravada em 1935 pela dupla Joel e Gaúcho, onde Heitor fez o estribilho e Noel a segunda parte. Fez muito sucesso nos carnavais de 1936 e subsequentes. O compositor Heitor dos Prazeres nasceu em 23/9/1898 no Rio de Janeiro. Por influência do pai, desde mocinho tocava clarineta e instrumentos de percussão na Banda da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Ficou amigo de bambas como Ismael Silva, Paulo da Portela, Bide e outros. Teve séria disputa sobre autoria de sambas com o famoso compositor Sinhô, que dizia que "samba era como passarinho: é de quem pegar primeiro...". A disputa mais famosa foi por causa do samba "Gosto que me enrosco" que teve grande sucesso na gravação de Mário Reis: depois de muita discussão, Heitor recebeu indenização de oito mil reis por sua participação em "Gosto que me enrosco" e também o reconhecimento público nessa parceria. Mais tarde Heitor dos Prazeres dedicou-se à pintura com grande sucesso também. Autor de mais de cem composições solo e com parceiros diversos, teve suas músicas gravadas pelos maiores cantores dos anos 30 e 40. Faleceu em 4/10/1966.
 Noel de Medeiros Rosa nasceu em 11/12/1910, em Vila Isabel no Rio de Janeiro.  Sua mãe teve um parto difícil pois teve que ser tirado a forceps, chegando a ter seu maxilar quebrado, fato que prejudicou-o a vida toda, apesar de ter feito algumas cirurgias sem o resultado esperado. Noel foi alfabetizado pela mãe, Marta de Azevedo, que era professora. Aos 13 anos começou a tocar bandolim de ouvido e violão que aprendeu com o pai Manuel Medeiros Rosa. Apaixonado por música, conheceu o grande compositor Sinhô de quem se tornou admirador, fato que o influenciou mais ainda a gostar de música.  Em 1929, um grupo de amigos de Vila Isabel e alunos do Colégio Batista, Almirante, Braguinha, Alvinho e Henrique Brito formaram um grupo musical, o Flor do Tempo, que se apresentava em festinhas locais. Pouco depois, esse grupo foi reformulado mudando o nome para Bando dos Tangarás, com a inclusão de Noel Rosa. Daí em diante Noel dedicou-se com afinco e exclusivamente à música, compondo e gravando. Noel compunha tanto letras como músicas, sendo muito versátil e tendo enorme sensibilidade e competência para captar e colocar em versos  suas críticas à sociedade carioca da época. Os maiores sucessos de Noel foram:  "Feitio de Oração", "Feitiço da Vila", "Pra que mentir", "Só pode ser você", "Quantos beijos", "Cem mil Réis",  "Conversa de Botequim" estas com o músico paulista Vadico, "Pastorinhas" com Braguinha, "Último desejo", "Até amanhã", "Com que roupa ?", "De babado", "Fita amarela", "Gago apaixonado", "Palpite infeliz" e muitas outras. Noel conseguiu com fina ironia e muita sensibilidade retratar em versos e músicas as principais características populares do Rio de Janeiro do início do século passado. Segundo o crítico João Máximo "Noel pode não ter sido o melhor compositor da Época de Ouro da MPB (1930 - 1945) mas foi o mais importante. A transformação que Noel empreendeu diz respeito à lírica da canção popular. Antes, a letra coloquial, anedótica, debochada, satírica, confinava-se aos limites da canção caranavelesca. As letras "sérias" principalmente as de cunho romântico, perdiam-se em preciosismos, em imagens parnasianas, em exageros poéticos. Foi Noel Rosa quem demonstrou que tudo cabe numa canção "séria", ainda que haja lugar também para a crítica e o humor irreverentes". Noel largou o curso de medicina no terceiro ano para se dedicar à música.   Noel fazia tanto letras como músicas. Foi sem dúvida o compositor brasileiro mais fértil ao retratar a sociedade brasileira dos anos 20 e 30. Foi o primeiro compositor branco de classe média a "subir" o morro e compor juntamente com "as orígens" do samba. Noel deixou cerca de 250 músicas e faleceu em 4/5/1936 com apenas 26 anos.
Dárcio Fragoso
 

 
 
Pierrot apaixonado
(1935)
 
Marcha
 
Composição: Noel Rosa e Heitor dos Prazeres
 
Interpretação: Coral não identificado
 
 
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
 
A colombina entrou num botequim
Bebeu, bebeu, saiu assim, assim
Dizendo: pierrô cacete
Vai tomar sorvete com o arlequim
 
Um grande amor tem sempre um triste fim
Com o pierrô aconteceu assim
Levando esse grande chute
Foi tomar vermute com amendoim
 
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
 
A colombina entrou num botequim
Bebeu, bebeu, saiu assim, assim
Dizendo: pierrô cacete
Vai tomar sorvete com o arlequim
 
Um grande amor tem sempre um triste fim
Com o pierrô aconteceu assim
Levando esse grande chute
Foi tomar vermute com amendoim
 
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
 
A colombina entrou num botequim
Bebeu, bebeu, saiu assim, assim
Dizendo: pierrô cacete
Vai tomar sorvete com o arlequim
 
Um grande amor tem sempre um triste fim
Com o pierrô aconteceu assim
Levando esse grande chute
Foi tomar vermute com amendoim
 
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
Um pierrô apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma colombina
Acabou chorando, acabou chorando
 

 

.
Música: Pierrô Apaixonado
Autoria: Noel Rosa e Heitor dos Prazeres

Interpretação: Coral não identificado
(caso alguém tenha a informação favor nos comunicar para darmos o crédito)
 
Pesquisas e História por Dárcio Fragoso
Plano de fundo por Marilene e Paulo Mafra 
Imagens adquiridas em E-Groups de Trocas
Projeto ,Formatação e Edição Final : Paulo Mafra e
Marilene Laurelli Cypriano

 
Para enviar a um amigo clique no coração
e siga as instruções 
 
 
|Principal Menu |Fale comigo | Voltar
Direitos autorais registrados®
 
Importante:
Nosso objetivo é resgatar, preservar e divulgar músicas populares brasileiras. Através da internet propiciamos às pessoas, em qualquer lugar do mundo, acesso às belíssimas músicas brasileiras que se constituem num dos aspectos mais ricos e importantes da nossa cultura, retratando costumes, idéias e valores de cada época. Nosso único compromisso é com os compositores, cantores e suas obras. Não temos nenhum objetivo comercial, nem financeiro, nem econômico; nossas imagens, músicas e letras são obtidas nos diversos sites da internet; divulgamos todos os créditos, arcamos com os custos de nosso trabalho e da manutenção do site.  

Página melhor visualizada
em Internet Explorer 4.0 ou Superior
800x600
 
The full length songs on these sites are copyrighted by the respective artist and are placed here for entertainment and evaluation purposes. No profits are made for this site from their use. Please support these artists and purchase their music if you like it. I accept no legal liability for misuse by others of any of these selections as in regard to any and all copyrights which may or not be applied to any selection contained within these pages. 

Todas as músicas deste site têm seus direitos autorais garantidos para seus autores e intérpretes e estão aqui apenas para avaliação e entretenimento, não sendo possível copiá-las. Nenhuma recompensa financeira é obtida pelo proprietário do site ou de quem aloca este espaço. Por favor apoie o artista e compre seu disco, se você gostar da música. Não será aceita qualquer responsabilidade legal pelo uso indevido destas páginas e suas músicas  por pessoas não autorizadas por quem de direito. 


Direitos Autorais Reservados ®
* Campanha pelos Direitos Autorais na Internet *