Chão de Estrelas
(1937)

Silvio Caldas e Orestes Barbosa
Interpretação: Silvio Caldas
 (Valsa)
 
Sílvio Caldas :  Nascido em 23/5/1908 no Rio de Janeiro, conviveu com música desde criança por incentivo do pai, Antonio Narciso Caldas afinador de pianos; teve várias profissões até começar a ganhar dinheiro com apresentações musicais cantando e tocando violão e descobrir seu imenso talento musical; foi colega e companheiro dos maiores compositores e cantores da música popular brasileira dos anos 30 aos anos 80;
possuidor de bela voz mas de tessitura menos extensa do que seus "rivais" Orlando Silva e Francisco Alves, Sílvio Caldas criou um estilo próprio de interpretação onde aliava em correta dosagem muita técnica e sensibilidade.
Entrou para a história como grande cantor e grande compositor, façanha alcançada por poucos artistas; sua composição mais famosa com versos de Orestes Barbosa foi "Chão de estrelas", sendo até nossos dias considerada uma das mais lindas melodias românticas já compostas no Brasil.
Artista de grande longevidade permaneceu cantando até quase sua morte aos 90 anos em seu sítio de Atibaia SP, onde morou durante quarenta anos; foi especialmente lembrado nos seus últimos 10 ou 15 anos de vida por suas famosas apresentações de "despedida musical" mas que sempre eram sucedidas por outras....
Dárcio Fragoso
 
 
 
Chão de Estrelas
(1937)

Silvio Caldas e Orestes Barbosa
Interpretação: Silvio Caldas

 
 
Minha vida era um palco iluminado
 
Eu vivia vestido de dourado
 
Palhaço das perdidas ilusões
 
Cheio dos guizos falsos da alegria
 
Andei cantando a minha fantasia
 
 
 
Entre as palmas febris dos corações
 
Meu barracão lá no morro do Salgueiro
 
Tinha um cantar alegre de um viveiro
 
Foste a sonoridade que acabou
 
E hoje, quando do sol, a claridade
 
Forra o meu barracão, sinto saudade
 
Da mulher pomba-rola que voou.
 
Nossas roupas comuns dependuradas
 
Na corda, qual bandeiras agitadas
 
Pareciam um estranho festival
 
Festa dos nossos trapos coloridos
 
A mostrar que nos morros mal vestidos
 
É sempre feriado nacional
 
A porta do barraco era sem trinco
 
Mas a lua, furando o nosso zinco
 
Salpicava de estrelas nosso chão
 
Tu pisavas nos astros, distraída
 
Sem saber que a ventura desta vida
 
É a cabrocha, o luar, o violão.
 
 
 
 
Música: Chão de estrelas
Autoria: Silvio Caldas e Orestes Barbosa
Interpretação: Silvio Caldas
 
Pesquisas e História por Dárcio Fragoso
Plano de fundo Silvio Caldas por Marilene 
Imagens adquiridas em E-Groups de Trocas
Projeto ,Formatação e Edição Final :
Marilene Laurelli Cypriano

 
Para enviar a um amigo clique no coração
e siga as instruções 
 
 
|PrincipalMenu |Fale comigo | Voltar
Direitos autorais registrados®
 
Importante:
Nosso objetivo é resgatar, preservar e divulgar músicas populares brasileiras. Através da internet propiciamos às pessoas, em qualquer lugar do mundo, acesso às belíssimas músicas brasileiras que se constituem num dos aspectos mais ricos e importantes da nossa cultura, retratando costumes, idéias e valores de cada época. Nosso único compromisso é com os compositores, cantores e suas obras. Não temos nenhum objetivo comercial, nem financeiro, nem econômico; nossas imagens, músicas e letras são obtidas nos diversos sites da internet; divulgamos todos os créditos, arcamos com os custos de
nosso trabalho e da manutenção do site.  

Página melhor visualizada
em Internet Explorer 4.0 ou Superior
1024 x 768
 
The full length songs on these sites are copyrighted by the respective artist and are placed here for entertainment and evaluation purposes. No profits are made for this site from their use. Please support these artists and purchase their music if you like it. I accept no legal liability for misuse by others of any of these selections as in regard to any and all copyrights which may or not be applied to any selection contained within these pages. 

Todas as músicas deste site têm seus direitos autorais garantidos para seus autores e intérpretes e estão aqui apenas para avaliação e entretenimento, não sendo possível copiá-las. Nenhuma recompensa financeira é obtida pelo proprietário do site ou de quem aloca este espaço. Por favor apoie o artista e compre seu disco, se você gostar da música. Não será aceita qualquer responsabilidade legal pelo uso indevido destas páginas e suas músicas  por pessoas não autorizadas por quem de direito. 


Direitos Autorais Reservados ®
* Campanha pelos Direitos Autorais na Internet *