A voz do violão
 (1929)
 
Valsa
 
Composição: Francisco Alves e Horácio Campos
 
Interpretação: Francisco Alves
 
Música lançada em 1929 pelo maior cantor dos anos 20, 30 e 40 Francisco Alves. Época de muito romantismo, onde prevaleciam as melodias que falavam de amor e apresentavam até uma certa ingenuidade. Francisco Alves foi o cantor mais importante da MPB na primeira metade do século XX, pois além de ter sido o primeiro a gravar no "novíssimo"  sistema eletro-mecânico em 1927 a canção "Albertina", já havia gravado no sistema mecânico em 1919 suas primeiras mùsicas: "Pé de Anjo", "Fala meu louro" e "Alivia esses olhos". Gravou ao todo 525 discos de 78 rpm com 983 músicas. Ajudou inúmeros outros cantores que se inspiraram em seu estilo de cantar. Francisco de Moraes Alves nasceu em 19/8/1898 no Rio de Janeiro. Cantor e compositor foi um dos maiores fenômenos da história da MPB. Estima-se em cinco milhões o número de discos vendidos por Chico Alves, numa época em que havia apenas discos de 78 rpm. Conhecido como Rei da Voz, iniciou sua carreira cantando em circos. Foi operário de fábrica e chofer de taxi. Desde sua estréia cantando em circo em 1918 até sua morte em 1952 foram 34 anos de grande sucesso. Teve forte influência do canto lírico, pois nas gravações ainda não elétricas era necessário ter forte timbre de voz para gerar boa gravação.  Teve grande influência no descobrimento de músicas de compositores desconhecidos como Ismael Silva, Cartola, Bide, Marçal e outros mais. Também gravou músicas de carnaval, sambas-canção de meio de ano e as exaltações de Ary Barroso e valsas de Orestes Barbosa. Como compositor, dizia-se que na realidade "comprava" músicas dos compositores do morro. Faleceu em trágico acidente automobilístico na Via Dutra, em Pindamonhangaba, quando viajava de São Paulo para o Rio de Janeiro, em 27/9/1952.
 
Dárcio Fragoso
 
 

 
 
A voz do violão
(1929)
 
Valsa
 
Composição: Francisco Alves e Horácio Campos
 
Interpretação: Francisco Alves
 
 
 
 Não queiras meu amor, saber da mágoa
 
 Que sinto, quando a relembrar-te estou
 
 Atestam-te os meus olhos rasos d'agua
 
 A dor que a tua ausência me causou
 
 
 
 Porém neste abandono interminável
 
 No espinho de tão negra solidão
 
 Eu tenho um companheiro inseparável
 
 Na voz do meu plangente violão.
 

.
Música: A Voz do Violão
Autoria: Francisco Alves e Horácio Campos
Interpretação: Francisco Alves
 
Pesquisas e História por Dárcio Fragoso
Plano de fundo por Marilene 
Imagens adquiridas em E-Groups de Trocas
Colaboração de Givaldo
Projeto ,Formatação e Edição Final : Marilene Laurelli Cypriano

 
Para enviar a um amigo clique no coração
e siga as instruções 
 
|Principal Menu |Fale comigo | Voltar
Direitos autorais registrados®
 
Importante:
Nosso objetivo é resgatar, preservar e divulgar músicas populares brasileiras. Através da internet propiciamos às pessoas, em qualquer lugar do mundo, acesso às belíssimas músicas brasileiras que se constituem num dos aspectos mais ricos e importantes da nossa cultura, retratando costumes, idéias e valores de cada época. Nosso único compromisso é com os compositores, cantores e suas obras. Não temos nenhum objetivo comercial, nem financeiro, nem econômico; nossas imagens, músicas e letras são obtidas nos diversos sites da internet; divulgamos todos os créditos, arcamos com os custos de nosso trabalho e da manutenção do site.  
Página melhor visualizada
em Internet Explorer 4.0 ou Superior
800x600
 
The full length songs on these sites are copyrighted by the respective artist and are placed here for entertainment and evaluation purposes. No profits are made for this site from their use. Please support these artists and purchase their music if you like it. I accept no legal liability for misuse by others of any of these selections as in regard to any and all copyrights which may or not be applied to any selection contained within these pages. 

Todas as músicas deste site têm seus direitos autorais garantidos para seus autores e intérpretes e estão aqui apenas para avaliação e entretenimento, não sendo possível copiá-las. Nenhuma recompensa financeira é obtida pelo proprietário do site ou de quem aloca este espaço. Por favor apoie o artista e compre seu disco, se você gostar da música. Não será aceita qualquer responsabilidade legal pelo uso indevido destas páginas e suas músicas  por pessoas não autorizadas por quem de direito. 


Direitos Autorais Reservados ®
* Campanha pelos Direitos Autorais na Internet *